Poesia erótica

19
Fev 10

Criança atrevida
Brinca com a minha boca
Que ri vermelha
Sussurra


Sobe pelas minhas paredes
Toca-me lá
Certeiro
Alvo alvo e róseo


No sobe e desce
Do nosso carrossel
A música do corpo
Tinge os olhos de brilho


Gira, gira sem parar
Até o fim do nosso infinito


O grito sai
No íngreme
De nossa montanha russa


O coração bate alegre
Como a banda do circo


Sob a lona
O picadeiro é só nosso

 

publicado por Contos do Fritz às 23:57

16
Fev 10

Ajoelhe-se e me amarre
Lace o laço lasso, firme
Nós
Borboletas monocromáticas


Me arraste
Com a língua de fora
Me deforme
Pise-me, pise-me, pise-me
Me use até o fim


Submisso sou
Podolatra obsessivo
Protejo-te
Abraço-te
Por onde for eu vou


Para sempre
De sola nessa paixão
Me agarro aos seus pés
Justo

 

publicado por Contos do Fritz às 00:40

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28


subscrever feeds
Follow DoctorFritz on Twitter
clique e ouça as poesias

pesquise
 
leia os blogs

compre os livros