Poesia erótica

19
Jun 10

 

Peça peça peça

Que, sem pressa

Peça por peça

Por puro prazer

Pô-la-ei em pelo

 

Você travessa acesa  

Acessa eu sisudo

Sinuosa soma perfeita

 

Em pleno palco

Ao cair do pano

Apareceremos puros

Em pura prática

 

Suados em cena

Não há o que impeça

Que o ato final de nossa peça

Nunca chegue ao fim...

 

publicado por Contos do Fritz às 00:42

Gostei muito.Textos curtos e que dizem tanto,adoro.bjssss
Patrícia a 30 de Junho de 2010 às 13:46

Vlw pelo comentário! bjs nessa boca maravilhosa!

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Follow DoctorFritz on Twitter
clique e ouça as poesias

pesquise
 
leia os blogs

compre os livros