Poesia erótica

03
Ago 10

 

Recebi este poema por e-mail e achei bem interessante:

(estou postando conforme recebi)

 

 

POEMA DA FODA

Neste Brasil imenso
Quando chega o verão,
não há um ser humano
Que não fique com tesão.

É uma terra danada,
Um paraíso perdido.
Onde todo mundo fode,
Onde todo mundo é fodido..

Fodem moscas e mosquitos,
Fodem aranha e escorpião,
Fodem pulgas e carrapatos,
Fodem empregadas com patrão.

Os brancos fodem os negros
Com grande desprendimento,
Os noivos fodem as noivas
Muito antes do casamento.

General fode Tenente,
Coronel fode Capitão.
E o presidente da República
Vive fodendo a nação.

Os freis fodem as freiras,
O padre fode o sacristão,
Até na igreja de crente
O pastor fode o irmão..

Todos fodem neste mundo
Num capricho derradeiro.
E o danado do
Dentista
Fode a mulher do Padeiro.

Lula depois de eleito se tornou um fudedor
Fode a Marisa, o PT e até o trabalhador,
O senador fode o deputado
Que fode o eleitor.

Parece que a natureza
Vem a todos nos dizer,
Que vivemos neste mundo
Somente para foder.

E você, meu nobre amigo
Que agora está a se entreter,
Se não gostou da poesia
Levante e vá se foder!

Autor
Desconhecido - Também pudera, se fosse conhecido, tava fudido!


publicado por Contos do Fritz às 14:43
Temas:

Poema simplesmente verdadeiro,fala o que todo mundo faz e não tem coragem de admitir.
Gostei.
bjsss
Patricia a 21 de Agosto de 2010 às 20:56

rs rs... Obrigado pelo comentário!

Muito bom o poema, gostei, original e diferente...
como faço para enviar minhas poesias?
até mais!
yu a 27 de Março de 2011 às 05:08

Olá Yu, esse poema não é meu. Publiquei porque achei legal, mas não costumo publicar poesias que não são minhas. Fora essa, só tem mais uma que não é de minha autoria, é do Drummond.

Sugiro que você procure comunidades literárias para enviar suas poesias, ok. Há muitas pela rede.

Obrigado pelo comentário. Fique à vontade para opinar em outros textos.

Abrçs

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
27
28

29
30
31


Follow DoctorFritz on Twitter
clique e ouça as poesias

pesquise
 
leia os blogs

compre os livros