Poesia erótica

19
Fev 15

 

passa teus lábios

molhados

nos meus lábios

escravos

 

fenda e grelo

teus poucos pelos

de encontro à

minha língua

 

molha meu rosto

todo e deixa

teu cheiro bom

na minha boca

 

mistura teu gozo

com minha saliva

 

passa

teus lábios

nos meus

passa

passa

passa

passa

que assim o tempo

passa

só lá fora

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 19:45

31
Jan 15

 

ponto do amor

grelo molhado, orvalho

semente da flor

 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:01

11
Nov 14

 

I

 

colírio

pros olhos

delírio pro corpo

completo

 

lírio aberto

 

 

II

 

lírio do delírio

pros olhos

colírio

 

 

III

 

 

lírio aberto

nos olhos delírio

completo:

colírio

 

 

publicado por Contos do Fritz às 22:10

14
Set 14

 

protuberância labial

feminina proteína

muscular aos meninos

(e algumas meninas)

 

carne de sal

carne de sol

carne de sombra

carne sem colesterol

carne sem transgênicos

carne sem contraindicações

carne sem pelos

carne com pelos

carne com apelos

à pele volumosa

 

vegetais e vegetarianos

todos amamos

todos somos

carnívoros

ante a boceta carnuda

 

 

publicado por Contos do Fritz às 17:23

24
Ago 14

 

escorrego entre

teus lábios lisos

 

criança profana

descendo profundo

na cavidade da carne

 

 

publicado por Contos do Fritz às 18:10

03
Jul 14

 

o arco dourado

alado

anjo motriz

 

no meu chafariz

tem a fonte

que eu sempre quis

 

 

publicado por Contos do Fritz às 02:31

22
Jun 14

 

abre a flor

a flor do deleite

um copo no corpo

teu para eu

encher de leite

 

 

publicado por Contos do Fritz às 22:52

16
Mai 14

 

olha que maravilha

que linda borboleta

minha boca já saliva

só de ver a língua

da boceta...

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:49

08
Fev 14

 

pousa a boceta na minha boca

solta o corpo

repousa

me sufoca com tua vontade

 

passa os lábio no meu rosto

na minha barba rala

mela minha face escrava

que te dou minha devota língua

 

goza e molha

o nosso fogo

e mantém nossa perversão acesa 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 16:09

12
Jan 14

 

buceta

carnuda

quente

rosada

apertada

peludinha

vermelha

inchada

molhada

salgadinha

melada

arrombada

cheirosa

greluda

doce

rechonchuda

raspadinha

úmida

 

adjetivos libidinosos

que deixam a boceta

mais gostosa

 

 

publicado por Contos do Fritz às 19:24

22
Dez 13

 

cavidade oblonga

pequena caixa de rapé

bolsa pequena

boceta

só existe no dicionário

 

no imaginário

popular de boca em boca

sai o “o” entra o “u”

sem formalidades

falo com vontade

buceta!

buceta!

 

essa transgressão

a língua

agradece

 

 

publicado por Contos do Fritz às 16:30

20
Dez 13

 

uma flor de lindos lábios

um grão delicado

entre ramos ralos

entre os beijos nasce orvalho

entre

 

a língua passeia nos vincos da pele

breve momento que leve

elava arrepios até os pios

virarem gemidos

 

que boceta gostosa...

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:11

21
Out 13

 

nasce a vagina

cresce, vira boceta

vai das fadas às fodas

mas não deixa de ser menina

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:54

14
Set 13

 

tua carne brilha

meu olhar vidra

a alma vibra

o sangue aquece

é a vida

que acontece

 

 

 

@doce_camille

publicado por Contos do Fritz às 15:51

17
Ago 13

 

entro pelos pelos

penetro

apelo pela pele

 

cabelos como é bom

tê-los entre os

lábios entre os

dedos entre os

corpos entre

nós

nus

 

 

 

 

Nanda Costa na revista Playboy 08/2013

A peludinha mais linda e gostosa do Brasil!

publicado por Contos do Fritz às 02:23

24
Jul 13

 

Pepeca perereca

pula na piroca

Pepeca perereca

pula e não pipoca

 

Pepeca perereca

na pica se acomoda

Pepeca perereca

goza e rebola

 

Pepeca perereca

morena de Angola

Pepeca perereca

brinca e não namora

 

Pepeca perereca

nunca para quieta

Pepeca perereca

quer tapa na peteca

 

Pepeca perereca

não gosta quem enrola

Pepeca perereca

a cobra ela degola!

 

 

 

 

Homenagem a todas as Pepecas devoradoras!

publicado por Contos do Fritz às 23:25

06
Jul 13

 

Uma rosa nua no sereno

orvalho doce que escorre

quero provar desse veneno

que mata mas não se morre

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 02:45

15
Jun 13

 

você rosa orvalhada

                                dilatada

ante minhas pupilas

                                dilatadas

vibrante minha vontade

                                dilatada

deseja

que o tempo se      dilate

diante do deleite

 

que ninguém nos delate 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 17:34

 

Entre beijinhos e suspiros

o mel do vão de suas pernas

é meu doce preferido

 

Brigadeiros não entram

em nossa guerra

de corpos estendidos

sobre o outro

sobre a cama

 

 

 

foto @misscaliente1

 

publicado por Contos do Fritz às 17:09

13
Jun 13

 

As noites se fazem maior

no abrir de suas pernas

 

Céu vermelho carne

da boca de baixo lábio

estrelado grelo que brilha

 

Um cometa passa:

gemido que rasga meu silêncio...

 

 

 


publicado por Contos do Fritz às 01:13

Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
Follow DoctorFritz on Twitter
clique e ouça as poesias

pesquise
 
leia os blogs

compre os livros