17
Set 16

 

Um êxtase

que espalho

feito confeiteiro

sobre seu corpo

 

Branco creme que enfeita

ela em fúria

e doce

na cama

 

Lambe os dedos

Lambe o que se estende

a sua frente

Traquina, desobediente

 

Prazer ao leite

Ingrediente dileto

Deleite completo

 

 

publicado por Contos do Fritz às 15:59

10
Set 15

 

Tão bom o cheiro da minha amada

seu gosto doce, na pele salgada

O suor... Corpos quentes sobre a cama

Chama que aquece a noite gelada

 

Nas madrugas de Inverno

nossos abraços de Verão

De estação em estação

que esse calor se mantenha eterno

 

publicado por Contos do Fritz às 12:23

09
Set 15

 

É tão gostoso

como a gente se encaixa:

lado oco e lado pino

brinquedos igual Lego

Masculino e feminino

construindo

um castelo todo

colorido

 

Um império

feito de sentidos

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 00:39

08
Ago 15

 

Acordei a Bela Dorminhoca

com um beijo na boca

profundo e envenenado

Entorpecidos, na cama

comemos a maçã do pecado

 

Amanheceu, ela foi embora

e me deixou um recado:

esqueceu os chinelos dourados

pra dizer que ainda volta

 

Espero que volte, para pegá-los

Vou me ajoelhar e calça-los

em seus pés; percorrer as pernas

até o meio delas; atingir os pelos

 

Entre meus lábios, os seus, tê-los

e novamente enlouquecidos

fazer a estória acontecer

Reescrevê-la, com prazer

 

Eu, gato sem botas

e você, nas maravilhas

fazendo um conto de fadas

virar um conto de fodas

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 03:12

28
Jul 15

 

Minha gatinha mia

esfrega seus pelos em mim

morde, arranha

levanta o rabo

geme...

Até virar cadela

 

E eu

por cima dela

faço

gato e sapato

 

O nosso ato

é de fato

feito

bichos

 

Mútuos animais de estimação

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 13:32

02
Jun 15

 

Quando te beijo

me sinto um bicho

 

Instinto primitivo

que arrepia a pele

 

Corpos vivos

Carnívoros

se devorando

Animais lascivos

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 13:24

01
Jun 15

 

Teu cheiro na minha cama

Teu gosto na minha boca

Teus lábios na minha pele

Teu corpo na minha memória

Teu gemido nos meus ouvidos

Teus gestos nos meus sentidos

Teu sorriso nos meus olhos

Teu gozo na minha vitória

 

Tudo é

teu e meu

nesse universo profano

feito por debaixo dos panos

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 23:48

21
Mai 15

 

tão linda

círculo robusto

que torna a ideia lúdica

e faz a bunda dela

merecer um busto

para ser exibido

em praça pública

 

tão perfeita

que enfeita

toda rua

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 23:24

23
Abr 15

 

peludinha linda

um belo novelo

 

contraste perfeito

tua pele branca

teus pelos pretos

 

fios que teço

e emaranho

pau boca dedos

 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 00:04

21
Abr 15

 

a abelha rainha

de quatro na minha

colméia a me servir

 

fêmea a produzir

fluídos em serão

melado sem fel

seu mel em meu

ferrão

 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 17:40

11
Abr 15

 

fios brancos transados

enroscados em pelos pretos

dueto que se acende

 

trama que surpreende

e me prende

os olhos

e me ajoelho

me rendendo

a tua renda

e caio em tua rede

 

a natureza que nos rende

bichos da seda em

bichos de sede

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 14:21

11
Fev 15

 

seus peitos são

perfeitos

feitos algo sem defeito

forma, cor, bicos

são os que quero no leito

neles me deito

e fico

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 23:02

07
Fev 15

 

orbita de Urano

meu astro em teu ânus

vulto de Vênus que vibra

brilham os anéis em Saturno

 

sem os pés na Terra

pelo espaço infinito

flutuamos

 

nos corpos celestes

a líquida Via Láctea se espalha

constelação sobre a pele

 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 16:37

14
Set 14

 

protuberância labial

feminina proteína

muscular aos meninos

(e algumas meninas)

 

carne de sal

carne de sol

carne de sombra

carne sem colesterol

carne sem transgênicos

carne sem contraindicações

carne sem pelos

carne com pelos

carne com apelos

à pele volumosa

 

vegetais e vegetarianos

todos amamos

todos somos

carnívoros

ante a boceta carnuda

 

 

publicado por Contos do Fritz às 17:23

24
Ago 14

 

tantas curvas se insinuam

sinuosas em teu corpo

caminhos que se formam

desejos densos destinos

sem fim

 

enfim

quero percorre-los todos

curvar-se em tuas

curvas nuas

nuances prazerosas

 

sina tortuosa

anseio que se pactua

vontade que se perpetua

 

 

 

para  

publicado por Contos do Fritz às 19:04

 

escorrego entre

teus lábios lisos

 

criança profana

descendo profundo

na cavidade da carne

 

 

publicado por Contos do Fritz às 18:10

17
Jul 14

 

a estrela mais linda brilha

no fundo do céu da tua boca

aberta constelação a me manter

em órbita

 

meu astro em colisão com tua língua

explode cometas que cruzam

teu espaço garganta adentro

uma via láctea inteira que escorre

devorada pela vontade perpétua

de expandir

universo que se consome

 

 

publicado por Contos do Fritz às 02:16

09
Jul 14

 

de cabeça em você

até o fim

enquanto teu rabo

olha pra mim

 

teu cuzinho

me arranca suspiros

 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 18:58

08
Jul 14

 

chupa de joelhos olha

em meus olhos lambendo

as bolas e mantém

a boca aberta

vou jorrar em

minha puta predileta

 

 

 

for  

publicado por Contos do Fritz às 01:20

03
Jul 14

 

o arco dourado

alado

anjo motriz

 

no meu chafariz

tem a fonte

que eu sempre quis

 

 

publicado por Contos do Fritz às 02:31

22
Jun 14

 

abre a flor

a flor do deleite

um copo no corpo

teu para eu

encher de leite

 

 

publicado por Contos do Fritz às 22:52

16
Mai 14

 

olha que maravilha

que linda borboleta

minha boca já saliva

só de ver a língua

da boceta...

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:49

27
Abr 14

 

falo

minha língua em teus

lábios

dialeto de nossos

corpos

 

nos entendemos em poucos

toques

em muitas peles

dizemos um ao outro tudo

sobre nós

 

 

publicado por Contos do Fritz às 15:49

10
Mar 14

 

beijo tuas bocas

teu brilho molhado

levando teu gozo

de lábios a lábios

 

tesão da tarde entre os dedos

melados

chupa-os

como doce

tentação que nos afoga

no fogo

e afaga

nossas carnes

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:45

15
Fev 14

 

puta linda

me abriga na esquina

que a lua brinda

traga meu tempo num cigarro

manchado vermelho

encostada num carro

 

eu e você

puta linda

refletidos no espelho do céu

acima do inferno

queimando nossos corpos

na cama da inquisição

 

puta linda que me despe

das obrigações diárias

todas fingidas

me mostra o caminho que

todos querem mas ninguém segue

que abandono minha carcaça

no meio da estrada larga pela qual sigo

 

cego na multidão

puta linda

me leve pela mão

nessa vida nada fácil

que é ser o que realmente nos interessa

 

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 00:47

14
Fev 14

 

grandes e perfeitos

tão gostosos os teus

peitos

 

bicos feitos pra matar

a sede da minha boca

 

anjos alvos de aréola morena

que dá asas à minha língua

 

macia pele que desliza

apertando o pau

estrangulando a vontade

que explode

num gozo

 

em teus seios

ó

liberdade

 

 

( o Y o )

 

publicado por Contos do Fritz às 21:59

10
Fev 14

 

em lugares hediondos

do corpo

nossos beijos sujos

florescem

por natureza

 

 

publicado por Contos do Fritz às 00:11

08
Fev 14

 

pousa a boceta na minha boca

solta o corpo

repousa

me sufoca com tua vontade

 

passa os lábio no meu rosto

na minha barba rala

mela minha face escrava

que te dou minha devota língua

 

goza e molha

o nosso fogo

e mantém nossa perversão acesa 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 16:09

 

a palma da minha mão

arde

estampada na tua bunda

 

grande glúteo que abriga

minha glande

e me obriga

a querer mais

 

esfrega tua pele na minha

roça nossa ramagem pubiana

e recebe minha mão aberta

pra marcar tua pele

novamente

 

 

publicado por Contos do Fritz às 14:08

 

doma meu pau na boceta

que te domo pela crina

égua

que cavalga livre

pelo tempo que nos consome

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:15

 

vem

ajoelhe-se

que vou foder a tua

boca

abra-a

 

baba todo ele e engula-o com gana

guarda-o todo em tua garganta

enquanto me olha gulosa

 

e passeia a língua

na glande

nas bolas

pelo longo das minhas veias em riste

chupa como se fosse acabar

o mundo

suga a nossa essência

 

em teus cabelos meus dedos

entrelaçados

conduzem o movimento do tempo

que se dilata

na ardência dos tapas

que ecoam em tuas maçãs

 

sorri e lambe meu pau

que a porra vai jorrar

branca pura quente

por toda...

 

mela a face sem disfarce

engole meu líquido

liquida meu desejo e me

faz o homem que imagino que sou

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:01

12
Jan 14

 

buceta

carnuda

quente

rosada

apertada

peludinha

vermelha

inchada

molhada

salgadinha

melada

arrombada

cheirosa

greluda

doce

rechonchuda

raspadinha

úmida

 

adjetivos libidinosos

que deixam a boceta

mais gostosa

 

 

publicado por Contos do Fritz às 19:24

22
Dez 13

 

cavidade oblonga

pequena caixa de rapé

bolsa pequena

boceta

só existe no dicionário

 

no imaginário

popular de boca em boca

sai o “o” entra o “u”

sem formalidades

falo com vontade

buceta!

buceta!

 

essa transgressão

a língua

agradece

 

 

publicado por Contos do Fritz às 16:30

20
Dez 13

 

uma flor de lindos lábios

um grão delicado

entre ramos ralos

entre os beijos nasce orvalho

entre

 

a língua passeia nos vincos da pele

breve momento que leve

elava arrepios até os pios

virarem gemidos

 

que boceta gostosa...

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:11

16
Dez 13

 

abre

abre, bem

abre bem a boca

mostra

põe a língua pra fora

agora

meu tesão jorra

quente na sua garganta

alvo

leitoso

 

 

abre, bem

abre bem a boca

e engole

viscoso

me engole

lambe gostoso

passa a língua

e todo o resto do tempo

comigo

na boca

 

 


publicado por Contos do Fritz às 00:22

12
Dez 13

pimenta na pele

de quem ama

pimenta na cama

 

tesão estampado

calor tatuado

 

me inflama

o teu cheiro

o melhor tempero

do nosso prato

 

fino trato

me chama

pra incendiar

aumentar o fogo

a pressão

 

contração

me exibe a carne

que vou derramar

meu molho branco sobre

ela

 

 

publicado por Contos do Fritz às 22:49

31
Out 13

 

no espelho ela

espera

ver refletido

no vidro vazio

o corpo macio

contido narciso

que se espelha

 

no espelho ela

se espalha

 

 

 


publicado por Contos do Fritz às 17:34

21
Out 13

 

nasce a vagina

cresce, vira boceta

vai das fadas às fodas

mas não deixa de ser menina

 

 

publicado por Contos do Fritz às 01:54

12
Out 13

 

no vai e vem das ondas

o tempo infinito

prolonga o movimento

de amar

 

ela nua a observar

eu a me preparar

na cama amor

eu ela e o mar

 

 


publicado por Contos do Fritz às 16:47

04
Out 13

 

liberdade

é ela

de calcinha pela casa

seios livres

leve caminhar sem

destino

 

liberdade

é nós sem nada

no sofá até

gozarmos entre

as horas

rolando feito cães

no tapete

 

liberdade

é ter

pra não fazer

é o tempo

que passa sem

se perceber

é um amor

pra se perder

 

 


publicado por Contos do Fritz às 03:50

30
Set 13

 

dá logo

não faz doce

pega o pirulito e solta um suspiro

não me negue essa teta de nega

beija meu pé de moleque

vamos se lambuzar num chupe-chupe sem fim

e toma meu leite

condensado…

 

 


publicado por Contos do Fritz às 22:18

25
Set 13

 

ah, morena

deita assim

acima de tudo

de bunda pra cima

sem roupa íntima

 

ah, morena

seja minha última

seja minha sina

seja minha

obra-prima

 

 

@milf_lol

 

publicado por Contos do Fritz às 01:17

21
Set 13

 

em línguas bendigo

meu prazer é contigo

pro nosso pecado eu digo:

sin, come!

 

 

fonte: dennispfeil.blogspot.com

publicado por Contos do Fritz às 18:19

15
Set 13

 

nada me interessa lá fora

vou demorar pra gozar

pra que você não vá embora

não quero nada agora

que não seja essa memória

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 12:05

14
Set 13

 

tua carne brilha

meu olhar vidra

a alma vibra

o sangue aquece

é a vida

que acontece

 

 

 

@doce_camille

publicado por Contos do Fritz às 15:51

25
Ago 13

 

um produto latente da sua

mente que mente

em fingir que não

sente

 

 

Earl Moran (1893 - 1984)

publicado por Contos do Fritz às 17:09

18
Ago 13

 

em teus seios pequenos meu mundo

cresce

e se acolhe

em teu sorriso gostoso

amor que o tempo tece

 

leitoso eu em tua boca

despejo

corpos entre beijos

noite que amanhece

 

 

 

foto: @Porp_s

publicado por Contos do Fritz às 19:21

17
Ago 13

 

entro pelos pelos

penetro

apelo pela pele

 

cabelos como é bom

tê-los entre os

lábios entre os

dedos entre os

corpos entre

nós

nus

 

 

 

 

Nanda Costa na revista Playboy 08/2013

A peludinha mais linda e gostosa do Brasil!

publicado por Contos do Fritz às 02:23

 

o rabo da senhora Lúcifer

quente

vou marcar com meu

tridente

entre danadisses e diabruras

loucuras incandescentes

 

o Lúcifer que se ferre

chifrudo do inferno

o diabo que o carregue!

 

 

 

 

@Senhora_Lucifer

publicado por Contos do Fritz às 01:47

11
Ago 13

 

fruto feito pro pecado

um bom bocado

 

pele de açúcar

doces curvas

corpo bem acabado

 

melado

entre as pernas o licor

de Cacau

adocicado

 

sabor que me deixa

embriagado

 

 

 


publicado por Contos do Fritz às 01:28

02
Ago 13

 

vem

pega minha língua

toma minha boca

como quem toma

um corpo sem pudor

como quem toma

um copo de licor

 

 

publicado por Contos do Fritz às 03:21

27
Jul 13

 

uma coleira de dentes

afiados em fogo

num pescoço vulnerável

 

pele branca

salta pelo decote

e me arranca os olhos

 

couro negro

poucos botões nos separa

de um caminho sem fim

 

acorrente-se a mim

sob o meu chicote

prenda-me em tua boca

me sufoca num afago

toma-me num trago

forte e profundo

 

embriagados num whisky envelhecido

umedecidos em desejos

renovados em despejos

on the rocks!

 

 

 

foto: @Milady_Winter

publicado por Contos do Fritz às 17:20

26
Jul 13

 

oferece-me a boca como um vinho

tinto e intenso tom

e derrama tudo em meu corpo

tingindo minha pele de batom

vermelho

sangue

que corre nas veias e

traz a tona o desejo

 

oferece-me a boca

que te dou um beijo

 

 

 

foto: @Milf_lol

publicado por Contos do Fritz às 23:50

24
Jul 13

 

sussurra...

tua voz tem o som que me excita

e exercita sobre mim certo domínio

fenômeno que me fascina

tua voz feminina gemida

grunhida ao final do gozo...

 

 

publicado por Contos do Fritz às 23:36

 

Pepeca perereca

pula na piroca

Pepeca perereca

pula e não pipoca

 

Pepeca perereca

na pica se acomoda

Pepeca perereca

goza e rebola

 

Pepeca perereca

morena de Angola

Pepeca perereca

brinca e não namora

 

Pepeca perereca

nunca para quieta

Pepeca perereca

quer tapa na peteca

 

Pepeca perereca

não gosta quem enrola

Pepeca perereca

a cobra ela degola!

 

 

 

 

Homenagem a todas as Pepecas devoradoras!

publicado por Contos do Fritz às 23:25

 

tenho no peito um tambor

bum bum...

que bate com fervor

bum bum...

quando vejo o

bum bum...

teu sorriso enorme

bum bum...

a passar na minha

bum bum...

praça a balançar

bum bum...

e ele faz perfeito

bum bum...

com toda a graça

bum bum...

a noite serena ficar

bum bum...

quente e morena como

bum bum...

a tua pele

bum bum...

linda!

 

bum bum...

bum bum...

bum bum...

 

 

 

 

foto: @Milf_lol

publicado por Contos do Fritz às 23:15

09
Jul 13

 

um quarto de dia num quarto

a tarde...

 

ainda tenho

teu cheiro pelo corpo

na boca o teu gosto

na lembrança teu dorso

na pele a marca que arde

 

Façamos de novo

mais tarde

pelas tardes

em mais quartos

de dias

por dias

publicado por Contos do Fritz às 01:04

 

Uma roupa de baixo

que me deixa por cima

um bilhete na porta

pra dizer que ela volta...

 

 


publicado por Contos do Fritz às 00:46

07
Jul 13

 

Véu da menina

que mima o menino

bobo de olhos bêbados

 

Peça

seda

nana o neném

no colo do útero

 

Laço lasso

babados

renda(-se)

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 19:17

06
Jul 13

 

Uma rosa nua no sereno

orvalho doce que escorre

quero provar desse veneno

que mata mas não se morre

 

 

 

publicado por Contos do Fritz às 02:45

Setembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
Follow DoctorFritz on Twitter
clique e ouça as poesias

banner do Frtiz
Image and video hosting by TinyPic
pesquise
 
leia os blogs

compre os livros