Poesia erótica

29
Out 20

 

foto: @instavalentinanapi

publicado por Eroticidades às 22:18
Temas: , ,

31
Ago 20

 

O dedo na carne mergulha

como ave faminta que caça

Mergulho profundo na fenda

matando a fome que mata

 

Despida na cama ela vibra

terremoto em alta escala

Desejo de gozo intenso

do corpo agora em repouso

 

 

 

publicado por Eroticidades às 22:26

09
Ago 20

 

Coisa linda é o cuzinho:

preto, rosado, largo ou apertadinho

Não importam as pregas

Não importa se doce ou salgadinho

 

Centro das nádegas

tentação do rabo

Maior é o sorriso

quanto mais empinado

 

Entre o prazer e o escatológico:

fetiches que entorpecem

acidentes que acontecem

na contramão do lógico

 

Pau, língua e dedos

passeiam entre os orifícios

Raspado ou com pelos

de joelhos, apelo para tê-lo

 

 

publicado por Eroticidades às 14:17

16
Mai 20

 

Tão bonita caipirinha

pendura suas calcinhas

no varal, coloridas

rendadas bandeirolas

 

Parece até festa junina:

olha a cobra, toma o quentão

casa comigo de mentirinha

acende a fogueira do meu coração

 

publicado por Eroticidades às 12:34

04
Mai 20

 

Amo teu rabo de quatro

e seu rosto colado

ao colchão

 

Corpo curvado

a boceta e o cu ofertados

ao meu pau, língua e dedos

sendo sempre revezados

 

Fode-la assim

é idílico pra mim

um sonho acordado

 

 

publicado por Eroticidades às 20:45

01
Mai 20

 

Entre nós

um domínio

trançado desejo

pela pele

 

Atados ao ato

o vício:

violento gozo

que nos impele

 

 

 

publicado por Eroticidades às 14:09

13
Jan 20

 

Feito cão fiel, destino meu:

ando encoleirado na tua

babo por outros rabos na rua

mas só quero lamber o teu

 

 

 

 

publicado por Eroticidades às 22:53

17
Set 19

 

Olho-a nua na foto

como um devoto

fervoroso

em rito religioso

que reza à santa

 

Minha liturgia pagã

solitária e profana

na imagem derrama

toda minha fé

até a última gota ah. ..

 

 

 

publicado por Eroticidades às 00:10

04
Jul 19

 

Adoro lamber

dela o sovaco

É como uma boceta

sem o buraco

 

Num “papai-mamãe”

suado

a língua passeia

dos seios à boca

passando pelo sobaco

 

Ela se revira

quando lambo a axila

fodendo seu fosso

Assim nos entendemos

entre risos e gozos

 

 

 

publicado por Eroticidades às 04:10
Temas: , ,

29
Mai 19

 

Todo meu peso sobre o teu dorso:
fricção, suor, tesão
pressão, sucção, arrepio...
Meu pau com tudo na tua boceta
meu dedão todo dentro do teu cu...
Os gemidos variam de vibração
entre tapas no teu rabo
beijos na tua nuca
e tenros palavões ao teu ouvido
Quanto tempo passou? Nem percebi...
É assim que a gente fode melhor!

 

 

publicado por Eroticidades às 01:03

09
Out 18

 

Há um doce diferente em tua língua

que se espalha em mim com rapidez

Banhe meu pau com tua saliva

para meu âmago cobrir a tua tez

 

 

 

publicado por Eroticidades às 02:52

17
Set 16

 

Um êxtase

que espalho

feito confeiteiro

sobre seu corpo

 

Branco creme que enfeita

ela em fúria

e doce

na cama

 

Lambe os dedos

Lambe o que se estende

a sua frente

Traquina, desobediente

 

Prazer ao leite

Ingrediente dileto

Deleite completo

 

 

 

 

publicado por Eroticidades às 15:59

10
Set 15

 

Tão bom o cheiro da minha amada

seu gosto doce, na pele salgada

O suor... Corpos quentes sobre a cama

Chama que aquece a noite gelada

 

Nas madrugas de Inverno

nossos abraços de Verão

De estação em estação

que esse calor se mantenha eterno

 

 

publicado por Eroticidades às 12:23

09
Set 15

 

É tão gostoso

como a gente se encaixa:

lado oco e lado pino

brinquedos igual Lego

Masculino e feminino

construindo

um castelo todo

colorido

 

Um império

feito de sentidos

 

 

 

publicado por Eroticidades às 00:39

08
Ago 15

 

Acordei a Bela Dorminhoca

com um beijo na boca

profundo e envenenado

Entorpecidos, na cama

comemos a maçã do pecado

 

Amanheceu, ela foi embora

e me deixou um recado:

esqueceu os chinelos dourados

pra dizer que ainda volta

 

Espero que volte, para pegá-los

Vou me ajoelhar e calça-los

em seus pés; percorrer as pernas

até o meio delas; atingir os pelos

 

Entre meus lábios, os seus, tê-los

e novamente enlouquecidos

fazer a estória acontecer

Reescrevê-la, com prazer

 

Eu, gato sem botas

e você, nas maravilhas

fazendo um conto de fadas

virar um conto de fodas

 

 

 

publicado por Eroticidades às 03:12

28
Jul 15

 

Minha gatinha mia

esfrega seus pelos em mim

morde, arranha

levanta o rabo

geme...

Até virar cadela

 

E eu

por cima dela

faço

gato e sapato

 

O nosso ato

é de fato

feito

bichos

 

Mútuos animais de estimação

 

 

 

publicado por Eroticidades às 13:32

02
Jun 15

 

Quando te beijo

me sinto um bicho

 

Instinto primitivo

que arrepia a pele

 

Corpos vivos

Carnívoros

se devorando

Animais lascivos

 

 

publicado por Eroticidades às 13:24

01
Jun 15

 

Teu cheiro na minha cama

Teu gosto na minha boca

Teus lábios na minha pele

Teu corpo na minha memória

Teu gemido nos meus ouvidos

Teus gestos nos meus sentidos

Teu sorriso nos meus olhos

Teu gozo na minha vitória

 

Tudo é

teu e meu

nesse universo profano

feito por debaixo dos panos

 

publicado por Eroticidades às 23:48

21
Mai 15

 

tão linda

círculo robusto

que torna a ideia lúdica

e faz a bunda dela

merecer um busto

para ser exibido

em praça pública

 

tão perfeita

que enfeita

toda rua

 

 

 

publicado por Eroticidades às 23:24

23
Abr 15

 

peludinha linda

um belo novelo

 

contraste perfeito

tua pele branca

teus pelos pretos

 

fios que teço

e emaranho

pau boca dedos

 

 

publicado por Eroticidades às 00:04

Outubro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


Livro de poesia erótica

Outros livros

subscrever feeds
Follow DoctorFritz on Twitter
Ouça minha voz

Leia os blogs

pesquise