Poesia erótica

04
Jul 19

 

Adoro lamber

dela o sovaco

É como uma boceta

sem o buraco

 

Num “papai-mamãe”

suado

a língua passeia

dos seios à boca

passando pelo sobaco

 

Ela se revira

quando lambo a axila

fodendo seu fosso

Assim nos entendemos

entre risos e gozos

 

 

 

 

publicado por Eroticidades às 04:10
Temas: , ,

Julho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Livro de poesia erótica

Outros livros

subscrever feeds
Follow DoctorFritz on Twitter
Ouça minha voz

Leia os blogs

pesquise